sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Praia Clube bate São Caetano no tie-break, e segue invicto no returno na Superliga




Beat Reusser


A diferença de pontos e na classificação não entram em quadra, e o jogo desta sexta-feira em Uberlândia, pela Superliga Feminina, provou isso. Terceiro colocado, o Praia Clube não teve vida fácil diante do São Caetano pela terceira rodada do returno da Superliga, nesta sexta-feira. Foi preciso chegar ao quinto set para vencer o time paulista por 3 sets a 2 (parciais de 28/30, 25/18, 25/17, 23/25 e 15/17), em 2h30 de partida, na Arena Praia. 

Com a vitória, o Praia chega a 31 pontos, mesma pontuação do Osasco, mas com um jogo a mais, e segue em terceiro. O São Caetano cumpriu o objetivo de pontuar fora de casa, chegou a 10 pontos, mas segue em décimo. 

Em jogo antecipado da sétima rodada do returno, o Praia Clube visita o Brasília na próxima terça-feira, às 20h, no ginásio Nilson Nelson, na capital federal. No mesmo dia, mas às 19h30, o São Caetano enfrenta o líder Rio de Janeiro na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus.

Com um a mais, Brasil para no Chile e fica no empate pelo Sul-Americano Sub-20




Beat Reusser
O Brasil bem que tentou, mas não conseguiu sua segunda vitória no Sul-Americano Sub-20 de 2017, disputado no Equador. Jogando na cidade de Riobamba pela segunda rodada do Grupo A, a equipe ficou no 0 a 0 com o Chile, que atuou com um jogador a menos desde o primeiro tempo. A seleção brasileira volta a entrar em campo no domingo, quando enfrenta o Paraguai na cidade de Ambato, em partida marcada para as 16h45 (horário de Brasília).

O Brasil começou a partida sofrendo para fazer frente aos chilenos. Com melhor ritmo de jogo, o Chile foi responsável por criar a primeira boa chance da partida aos 29 min do primeiro tempo, em lançamento na área que o goleiro Caíque precisou se esticar para salvar. Quatro minutos depois, a zaga não conseguiu afastar, e Suazo tentou com um desequilibrado voleio – a bola passou por cima do gol.

A situação só melhorou quando a arbitragem deixou o Chile com um a menos – Vargas foi expulso após uma entrada forte em Lucas Paquetá. A partir daí, a seleção brasileira começou a criar boas chances – nos acréscimos, o mesmo Paquetá aproveitou a sobra de bola na entrada da área e chutou; a bola ainda desviou em David Neres antes de tocar na trave e sair.

No começo do segundo tempo, mais uma boa chance de Paquetá: o camisa 10 arriscou o chute rasteiro da intermediária aos 6 min e obrigou o goleiro Collao a espalmar para a linha de fundo. Mais tarde, aos 17 min, David Neres fez bela jogada individual pela direita, entrou na área e bateu para o gol – Collao deu rebote para a frente, Felipe Vizeu escorou, mas o goleiro espalmou para fora.

Taubaté e Sesi garantem lugar na final da Copa Brasil




Beat Reusser
Jogar praticamente como mandante nesta quinta-feira não ajudou o Campinas a se manter vivo na Copa do Brasil de vôlei masculino. A equipe campineira jogou em sua cidade-sede, palco de todas as semifinais – femininas e masculinas – desta edição do torneio, mas acabou sendo derrotada para o Taubaté, por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 25/19). Contando com atuação de gala e com os ataques potentes do campeão olímpico Wallace, o Taubaté conseguiu dominar a partida.

Com o resultado, o Campinas perdeu a oportunidade de disputar a grande final da Copa, que será realizada no sábado. Classificado, o time do Vale do Paraíba, agora, espera o resultado da outra semifinal, que conta com Cruzeiro e Sesi-SP, para conhecer seu adversário da decisão.


A noite deste quinta guardou muitas emoções no segundo confronto das semifinais da Copa Brasil. O Sesi-SP conseguiu uma virada histórica contra o Sada Cruzeiro por 3 sets a 2 (23/25, 23/25, 25/23, 25/20 e 17/15) e tirou a invencibilidade da equipe mineira.

Depois da intensa partida, o Sesi terá que se recuperar para fazer uma reedição da final do Campeonato Paulista de 2016, com o Taubaté, neste sábado, às 15h30. Na ocasião, o time do interior prevaleceu sobre o da capital.

Em uma partida com muitos erros, principalmente no saque, o Sesi viu sua vantagem do primeiro set sumir e o adversário sair na frente. Tudo indicava que o invencível Sada Cruzeiro faria uma final inédita na competição contra o já classificado Taubaté. Porém, sob o comando do levantador Bruninho, o time paulista foi aguerrido e conseguiu reverter o placar de 2 sets a 0 para os mineiros.

Na NBA 2016/2017, na temporada regular - Spurs vencem Nuggets, mas perdem Pau Gasol por tempo indeterminado






Carlos Augusto






Com grande atuação de Kawhi Leonard, o San Antonio Spurs recebeu o Denver Nuggets no Texas e venceu com tranquilidade por 118 a 104 e manteve a segunda melhor campanha da temporada regular. Mas os texanos também tiveram uma má notícia. O espanhol Pau Gasol fraturou a mão esquerda durante o aquecimento e desfalcará o time por tempo indeterminado, segundo divulgou a equipe.

Kawhi Leonard pula para pegar um rebote: ala anotou 34 pontos na vitória do San Antonio Spurs contra o Denver Nuggets (Foto: Soobum Im/Reuters)

O ala dos donos da casa foi o cestinha da equipe vencedora, com 34 pontos, sua segunda melhor marca em 2016/17 até agora – a melhor foi diante do Phoenix Suns, quando fez 38 pontos. Kawhi ainda anotou cinco rebotes e quatro assistências no jogo. David Lee também se destacou nos Spurs com um duplo-duplo ao marcar 10 pontos e dar incríveis 16 rebotes.

O duelo foi equilibrado até o fim do segundo quarto, quando o San Antonio terminou vencendo apenas por um ponto: 59 a 58. Mas os Spurs abriram vantagem no terceiro quarto e mantiveram o ritmo até o fim do jogo. No último quarto, chegaram a abrir 20 pontos de vantagem e confirmaram a vitória.

O cestinha e destaque da partida foi o sérvio Nikola Jokic, dos Nuggets, com um duplo-duplo: 35 pontos e 12 rebotes, líder nos dois quesitos em sua equipe. Embora tenha tido uma grande atuação, Jokic não conseguiu levar seu time ao quarto triunfo seguido.

Campanha
Spurs: 32v, 9d (2º no Oeste)
Nuggets: 17v, 23d (8º no Oeste)

Próximos jogos
Spurs: no sábado, contra os Cavaliers, em Cleveland
Nuggets: no sábado, contra os Clippers, em Los Angeles

Confira todos os resultados desta quinta Na NBA:

Phoenix Suns 103 x 118 Cleveland Cavaliers
Dallas Mavericks 95 x 99 Miami Heat
Washington Wizards 113 x 110 New York Knicks
Denver Nuggets 104 x 118 San Antonio Spurs
Minnesota Timberwolves 104 x 101 Los Angeles Clippers

Veja como ficou a classificação:


Fonte:sportv.globo.com e www.resultados.com

Sem dificuldades, Roger Federer bate Berdych e vai às oitavas na Austrália




Beat Reusser
Em seu primeiro jogo contra um top 10 na temporada, Roger Federer deixou uma excelente impressão nos fãs com uma vitória contundente sobre o 10º colocado tcheco Tomas Berdych por 6/2, 6/4 e 6/4 para avançar às oitavas de final do Australian Open. Dono de quatro títulos em Melbourne, o suíço pode ter que enfrentar cinco top 10 seguidos até uma eventual final.

Foi a 17ª vitória de Federer sobre Berdych, sendo a sexta consecutiva, além de manter os 100% de aproveitamento nos quatro duelos realizados no Australian Open. O tcheco segue sem levar a melhor desde a semifinal do ATP de Dubai em 2013.

Federer terá que enfrentar mais um top 10 nas oitavas de final, já que o próximo adversário será o japonês Kei Nishikori, que marcou triplo 6/4 contra o eslovaco Lukas Lacko. O suíço lidera o retrospecto por 4 a 2 e venceu os três últimos encontros.

Aos 35 anos, Federer aparece atualmente apenas no 17º lugar depois de ficar sem jogar por todo o segundo semestre do ano passado. Entretanto, como defende pontuação de semi em Melbourne, o suíço precisa de uma boa campanha para não perder ainda mais posições.

Wawrinka tem vacilo, mas consegue virada e avança no Aberto da Austrália




Beat Reusser
O terceiro desafio do suíço Stan Wawrinka nesta edição do Australian Open foi o sérvio Viktor Troicki, que chegou a tirar um set do cabeça de chave número 4, mas não conseguiu fazer mais do que isso e acabou eliminado em virada anotada em 2h32 e com parciais de 3/6, 6/2, 6/2 e 7/6 (9-7). 

Wawrinka já tem o próximo adversário definido. Pelas oitavas de final, ele enfrentará o italiano Andreas Seppi, outro que saiu perdendo e no final venceu por 3 sets a 1, batendo o belga Steve Darcis com parciais de 4/6, 6/4, 7/6 (7-1) e 7/6 (7-2). O suíço leva vantagem no histórico, somando oito vitorias e quatro derrotas contra o italiano.

Murray despacha Querrey e vai às oitavas de final na Austrália




Beat Reusser
O britânico Andy Murray não quis dar chance para o azar e repetir a surpreendente eliminação do sérvio Novak Djokovic. Nesta sexta-feira, o número 1 do mundo teve atuação bastante firme e praticamente não abriu brechas para o norte-americano Sam Querrey, que não conseguiu fazer frente e acabou caindo em sets diretos, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/4. 

Classificado para as oitavas de final, Murray terá pela o alemão Mischa Zverev, que bateu o tunisiano Malek Jaziri por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 4/6, 6/3 e 6/0. O britânico enfrentou o germânico de 29 anos em outras três oportunidades e venceu em todas, duas delas em futures, um em 2005 e outro em 2003.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

No UFC 210 - Ex-campeão dos médios e algoz do Spider, Weidman terá duelo contra Mousasi






Carlos Augusto






Ex-campeão peso médio e responsável por tirar o cinturão do astro Anderson Silva, em julho de 2013, Chris Weidman conheceu o próximo adversário no Ultimate Fighting Championship. O norte-americano medirá forças contra Gegard Mousasi no UFC 210, em 8 de abril, que marcará o retorno do octógono a Buffalo, no estado de Nova York.

Weidman vive momento ruim, com duas derrotas consecutivas na divisão dos médios, algo inédito na carreira do ex-campeão, que até perder o cinturão para Luke Rockhold, em dezembro de 2015, estava invicto. Ele sofreu outro revés para o cubano Yoel Romero, ao ser nocauteado no UFC 205, em novembro do ano passado.

Imagem do UFC para divulgar duelo entre Weidman e Mousasi: americano luta em casa pela reação

Mesmo assim, o norte-americano, que lutará em seu estado de origem – é nascido em Baldwin, no Condado de Nassau (NY) -, preferiu manter a confiança para buscar a recuperação diante dos fãs. “Quando eu ouvi que ele (Mousasi) estava me desafiando, falei para dar para esse cara o que ele quer. Agora eu vou bater nele”, afirmou o ‘All American’ ao site Newsday.

Gegard Mousasi vive momento oposto no octógono. O iraniano naturalizado holandês acumula quatro vitórias seguidas no peso médio – três contra brasileiros (Thales Leites, Vitor Belfort e Thiago Marreta). No último compromisso, o ‘Apanhador de Sonhos’, como é chamado, bateu Uriah Hall por nocaute técnico, em novembro do ano passado, em Belfast, Irlanda do Norte.

O duelo entre Weidman e Mousasi foi o primeiro confirmado para o UFC 210, que será o segundo evento da organização em Buffalo. O primeiro foi há 21 anos, em setembro de 1995, no UFC 7, que teve 9 mil fãs no Memorial Auditorium. Na ocasião, em uma fase da franquia em que não havia divisão de peso, Ken Shamrock ficou no empate com o russo Oleg Taktarov na super luta da noite.

Fonte:www.mg.superesportes.com.br

No NBB 2016/2017, em jogos da 5ª e 17ª rodadas - No embalo de Nezinho, Vasco supera Brasília e emplaca a 3ª vitória seguida






Carlos Augusto






Marcado por Fúlvio, Nezinho tenta armar o ataque vascaíno
(Foto: Thiago Moreira/Vasco)
Os oito anos na capital federal e os três títulos do NBB conquistados com a camisa do Brasília colocam Nezinho no hall dos maiores ídolos do clube candango. Dentro de quadra, porém, o armador de 1,85m teve uma noite de algoz nesta quinta-feira. Com 25 pontos e nove assistências, Nezinho conduziu o seu Vasco à vitória por 85 a 74 sobre o Brasília, em São Januário, o terceiro triunfo seguido da equipe vascaína no NBB 2016/17, feito inédito na temporada.

Além de Nezinho, outros jogadores com atuação destacada foram Hélio e David Jackson, autores de 16 e 15 pontos, respectivamente. Pelo lado do Brasília brilhou a estrela de Guilherme Giovannoni, com 24 pontos, seguido de Lucas Mariano, com 23.

A equipe comandada por Dedé Barbosa volta a jogar próxima quinta-feira contra o Minas, às 19h30, novamente em São Januário. Na mesma data, o Brasília vai à Serra Gaúcha enfrentar o Caxias do Sul, às 20h.

O americano David Jackson também teve importante participação na vitória do Vasco (Foto: Thiago Moreira/Vasco)

Escalações

Vasco: David Jackson, Murilo, Gaúcho e Drudi. Entraram: Hélio, Wagner, Palacios, Ricardinho, Marcellus e Bruno Fiorotto. Técnico: Dedé Barbosa.

Brasília: Fúlvio, Deryk Rose, Lucas Mariano, Pilar e Guilherme Giovannoni. Entraram: Pedro, Jefferson, Paulo, Alex, João e Alemão. Técnico: Bruno Savignani.

Confira os resultados desta quinta no NBB:



Veja como ficou a classificação:




Confira os próximos jogos no NBB:



Fonte:Globo, LNB e www.resultados.com

Em revanche de 2016, Corinthians bate Flamengo e avança à semi da Copa SP




Beat Reusser
A derrota nas penalidades para o Flamengo na grande final da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016 em pleno estádio do Pacaembu lotado ficou entalada na garganta dos corinthianos. Mas a revanche chegou para lavar a alma dos alvinegros. Debaixo de chuva na Arena Barueri, o Timão virou para cima dos cariocas e garantiu sua vaga nas semifinais da principal competição de base do país com o placar de 2 a 1.

Agora, o maior campeão da Copinha, com nove títulos, encara o Juventus, domingo, às 19h45, de novo em Barueri. Do outro lado da chave, Paulista e Batatais decidem quem avança à final em Jundiaí, às 10 horas.

Bastaram seis minutos de jogo para o clássico começar a pegar fogo, muito por culpa da saída atabalhoada do goleiro corinthiano Felipe em cima de Loncoln. Dener não desperdiçou a chance.

Mas, sequer deu tempo para os torcedores do Flamengo comemorarem. No minuto seguinte, Pedrinho lembrou os velhos tempos que o futebol tinha pontas de lança e empatou a partida, levando a Fiel ao delírio.

O estádio voltou a explodir aos 12, quando uma poça d’água armou o contra-ataque do Timão. Mantuan, Marquinhos e Fabricio Oya triangularam e decretaram a virada, mas o auxiliar conseguiu enxergar um impedimento milimétrico e anulou o segundo gol da equipe do Parque São Jorge.

Semifinais

Chefe da Mercedes revela ajuda financeira no retorno de Massa à F1






Carlos Augusto







Com o negócio envolvendo a ida de Valtteri Bottas para Mercedes e o retorno de Felipe Massa para Williams selado, aos poucos os detalhes da transação entre as duas equipes começa a vir à tona. E para liberar o finlandês ao time alemão, a equipe de Grove recebeu uma ajuda financeira robusta para viabilizar a volta de Massa (com um contrato de um ano, com valor de 6 milhões de euros - cerca de R$ 20 mi), como relatou o chefe da Mercedes, Toto Wolff, ao jornal italiano "Gazzetta dello Sport".

Felipe Massa, Fórmula 1, Williams (Foto: Getty Images) 

- É óbvio que não poderíamos pedir uma coisa sem dar algo em troca. Por exemplo, a Williams precisava de um piloto experiente, e era necessário trazer o Felipe de volta. E aí é óbvio que contribuímos financeiramente para a volta dele. Então, agora, todos estamos satisfeitos.

Além de contribuir com volta de Felipe, outra grande vantagem dada pela Mercedes a Williams, para que o time britânico liberasse Bottas, diz respeito ao valor pago pelo fornecimento da unidade motriz, que em 2017 será zero. Em vez de recolher para a montadora alemã os regulares 16 milhões de euros (R$ 56 milhões), a Williams poderá investir esse dinheiro no desenvolvimento do modelo deste ano. O primeiro desconto proposto por Wolff foi de 5 milhões de euros (R$ 17 milhões), para se ter uma ideia do quanto a Mercedes teve de ceder. 

Fonte:Globo

No UFC - Bethe alerta Amanda para "excesso de arrogância": "Tem que ter cuidado"






Carlos Augusto






Bethe Correia vai enfrentar Marion Reneau no UFC Fortaleza
 (Foto: Raphael Marinho)
Bethe Correia conhece a situação de Ronda Rousey. Nocauteada pela americana em 34 segundos em 2015, ela acredita que a ex-campeã, que perdeu de forma devastadora para Amanda Nunes em dezembro, pagou o preço do excesso de arrogância, que ela mesma diz ter sofrido, e alertou a Leoa que, segundo a paraibana, está neste estágio atualmente.

Sobre Rousey, Bethe declarou que torce pelo retorno da americana, pois deseja ter a chance de fazer a revanche.

Sobre o confronto contra Marion Reneau no dia 11 de março, no UFC Fortaleza, que foi pedido pela americana, Bethe Correia garantiu que o lado psicológico fará a balança pender para o seu lado e que a rival irá se arrepender do desafio.

UFC: Belfort x Gastelum
11 de março, em Fortaleza

CARD DO EVENTO (até o momento):

Peso-médio: Vitor Belfort x Kelvin Gastelum
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Gian Villante
Peso-leve: Edson Barboza x Beneil Dariush
Peso-leve: Michel Trator x Josh Burkman
Peso-galo: Bethe Correia x Marion Reneau
Peso-médio: Paulo Borrachinha x Alex Nicholson

Fonte:sportv.globo.com