domingo, 27 de março de 2011

Em São Petersburgo, Dario Franchitti vence e Tony Kanann garante o terceiro lugar na etapa de abertura da Indy.



Carlos Augusto




Neste domingo, dia 27/03, teve a abertura da temporada da Formula INDY de 2011, em São Petersburgo, Dario Franchitti soube escapar das confusões do início da corrida, e superou Will Power ainda nas primeiras voltas e faturou a vitória na primeira corrida de 2011 da Indy. Power, que se viu envolvido em um duelo com Tony Kanaan durante a metade final da corrida, cruzou em segundo. O brasileiro da KV Lotus obteve uma ótima terceira colocação. Simona de Silvestro, em grande desempenho, terminou na quarta posição, bem próxima dos dois rivais. O top-5 foi completado por Takuma Sato.

A primeira corrida do ano na Indy começou tumultuada e foi marcada por um acidente com Marco Andretti logo na largada. O filho de Michael foi tocado por Helio Castroneves, entrou muito rápido por dentro na primeira curva e bateu em Scott Dixon, que contornava a curva 1. Marco acabou capotando. O piloto, entretanto, saiu ileso do carro, para os aplausos dos torcedores nas arquibancadas. Já Castroneves teve a suspensão avariada, enquanto Dixon ficou com o aerofólio traseiro danificado. Ambos tiveram de visitar os boxes antes da volta inicial.

Aí vieram os pit-stops finais. O primeiro a parar foi o líder da corrida, na 71ª volta. Franchitti teve uma parada sem maiores incidentes e retornou à pista com confortáveis seis segundos de vantagem para os rivais. Power e Kanaan decidiram parar na passagem seguinte. Entraram e saíram juntos dos boxes. Tony, agora os pneus negros, continuava com a perseguição em cima de Will. E quem se aproveitou da briga foi Simona, que, da quarta colocação, acompanhava de perto o duelo entre os dois.

Já Dario seguia tranquilo na liderança. Um pouco mais longe dos ponteiros, o top-10 era completado por Sato, Tagliani, Matos, Meira, Servià e Hildebrand. Bia vinha em 14°, enquanto Castroneves aparecia na posição final do pelotão.

Nas voltas finais, Kanaan não conseguiu manter o mesmo ritmo com os pneus mais duros e Power escapou na frente. Tony, então, teve de lidar com a pressão de Simona, que imprimiu um ritmo muito forte nos últimos dez giros. Apesar das investidas, Tony conseguiu manter o terceiro posto. Já Franchitti assegurou sem drama a vitória, seguido por Power.

O sexto lugar ficou com Alex Tagliani, que foi seguido por Raphael Matos e Vitor Meira. Oriol Servià completou a prova na nona colocação, logo à frente de Justin Wilson. Bia terminou em 14°. Enquanto Castroneves, mesmo com nove voltas atrás do líder, completou a prova em 20°. Danica Patrick ainda foi punida pela direção de prova por ter sido considerada culpada por um incidente na última volta da corrida envolvendo JR Hildebrand. A pilota perdeu uma posição, caiu de 11° para 12°.


Etapa de São Petersburgo - Classificação final:

01°. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), 100 voltas
02°. Will Power (AUS/Penske), a 7s1
03°. Tony Kanaan (BRA/KV), a 16s1
04°. Simona de Silvestro (SUI/HVM), a 16s5
05°. Takuma Sato (JAP/KV), a 29s9
06°. Alex Tagliani (CAN/Sam Schmidt), a 30s4
07°. Raphael Matos (BRA/AFS), a 31s5
08°. Vítor Meira (BRA/AJ Foyt), a 35s7
09°. Oriol Servia (ESP/Newman-Haas), a 49s1
10°. Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 56s8
11°. Danica Patrick (EUA/Andretti Autosport), a 57s3
12°. J. R. Hildebrand (EUA/Panther), a 1min02s4
13°. Sebastian Saavedra (COL/Conquest), a 2 voltas
14°. Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), a 2 voltas
15°. James Jakes (ING/Dale Coyne), a 3 voltas
16°. Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), a 4 voltas
17°. Graham Rahal (EUA/Ganassi), a 4 voltas
18°. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 5 voltas
19°. Ernesto Viso (VEN/KV), a 8 voltas
20°. Helio Castro Neves (BRA/Penske), a 15 voltas
21°. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti Autosport), abandonou
22°. Charlie Kimball (EUA/Ganassi), abandonou
23°. Mike Conway (ING/Andretti Autosport), abandonou
24°. Marco Andretti (EUA/Andretti Autosport), abandonou
25°. Sébastien Bourdais (FRA/Dale Coyne), Não largou


A próxima etapa da Indy acontece no dia 10 de abril, na pista de Barber, no Alabama, onde as equipes realizaram no início do mês os testes coletivos.

JustificarFonte:grandepremio
Fotos:Indy/Divulgação

Um comentário:

Beat Reusser de Jesus disse...

Parabéns para minha compatriota Simona de Silvestro, grande corrida!!!!!