sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Copa do Uruguai - 1930.




Carlos Augusto



Bem leitores do Toque-Esportivo, como a nossa Seleção já esta classificada para o mundial de 2010, na África do Sul, vamos daqui para frente falar de uma copa por semana, e a primeira é claro, é a de 1930 no Uruguai.

FIFA a entidade máxima do futebol mundial, foi fundada em 1904, tendo como seu primeiro Presidente sr. Robert Guérin(Françes) de (1904 - 1906), o segundo foi o Ingles Daniel Burley Woolfall (1906 - 1918).

Já o terceiro Presidente sr. Jules Rimet que ficou de (1921-1954), foi o principal idealizador de um campeonato mundial de futebol fora das Olimpiadas, tanto que a Taça Jules Rimet foi nomeada em sua homenagem. Rodolphe Seeldrayers (1954-1955) foi o quarto, Arthur Drewry (1955-1961) foi o quinto, Stanley Rous (1961-1974) foi o sexto, João Havelange(BRA) (1974-1998) foi o setimo e o Suiço Joseph Blatter de 1998 até os dias de hoje.

O sr. Jules Rimet, Presidente da FIFA, decidiu então criar a primeira copa do mundo de futebol, torneio distinto às Olimpíadas, e como o Uruguai era a atual Bi-Campeã Olimpica, por ter ganho as Olimpiadas de Paris em 1924 e de Amsterdã em 1928, sendo conhecida como Celeste Olimpica. O Uruguai foi escolhido como país-sede. Os europeus protestaram, e pediram que a primeira Copa não fosse fora de seu continente e boicotaram o evento. Algumas equipes europeias decidiram participar, foram Bélgica, França, Romênia e Iugoslávia.

Na Copa do Uruguai de 1930, não houve eliminatorias, durou de 13 de julho a 30 de julho, tendo 13 seleções participantes, foram elas: América do Sul (7 seleções): Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. Europa (4 seleções): Bélgica, França, Iugoslávia e Romênia. América do Norte, Central e Caribe (2 seleções): Estados Unidos e México.

Divididas em quatro grupos:

Jogos do Grupo A
13.07.1930 França 4 x 1 México
15.07.1930 Argentina 1 x 0 França
16.07.1930 Chile 3 x 0 México
19.07.1930 Chile 1 x 0 França
19.07.1930 Argentina 6 x 3 México
22.07.1930 Argentina 3 x 1 Chile








Jogos do Grupo B
14.07.1930 Iugoslávia 2 x 1 Brasil
17.07.1930 Iugoslávia 4 x 0 Bolívia
20.07.1930 Brasil 4 x 0 Bolívia








Jogos do Grupo C
14.07.1930 Romênia 3 x 1 Peru
18.07.1930 Uruguai 1 x 0 Peru
21.07.1930 Uruguai 4 x 0 Romênia








Jogos do Grupo D
17.07.1930 - Estados Unidos 3 x 0 Paraguai
20.07.1930 - Paraguai 1 x 0 Bélgica
13.07.1930 - Estados Unidos 3 x 0 Bélgica







Semi-finais

26.07.1930 - Argentina 6 x 1 Estados Unidos
27.07.1930 - Uruguai 6 x 1 Iugoslávia

Final

30.07.1930 - Uruguai 4 x 2 Argentina


Ficha da Final da Copa do Mundo de 1930 no Uruguai
 
Uruguai 4 x 2 Argentina (1 x 2 - Primeiro Tempo)
Local: Estádio Centenário, Montevidéu
Árbitro: Jan Langenus (Bélgica)

Uruguai: Ballestero, Mascheroni, Nasazzi; Andrade, Fernández, Gestido; Dorado, Scarone, Castro, Cea e Iriarte
 
Técnico: Alberto Suppici

Argentina: Botasso, Della Torre, Paternoster; J.Evaristo, Monti, Arico Suárez; Peucelle, Varallo, Stábile, Ferreira e M. Evaristo
 
Técnico: Francisco Olazar

Público: 80.000
Gols: Primeiro Tempo - Dorado (12 minutos) Peucelle (20) e Stábile (38). Segundo Tempo - Cea (13) Iriarte (23) Castro (44).
 
OBS.: da Seleção do Brasil
 
A Seleção Brasileira foi eliminado na Primeira Fase - e ficou no 6º lugar da competição
2  jogos, 1 vitória e 1 derrota,  5 gols a favor e,  2 gols sofridos, com um saldo de gols +3.
 
Brasil 1 x 2 Iugoslávia
Jogaram pelo BRASIL: Joel; Brilhante, Itália; Hermógenes, Fausto, Fernando; Poly, Nilo, Araken, Preguinho, Teóphilo.

Brasil 4 x 0 Bolívia
Jogaram pelo BRASIL: Velloso; Zé Luiz, Itália; Hermógenes, Fausto, Fernando; Benedito, Russinho, Carvalho Leite, Preguinho, Moderato.
 
Artilharia da Copa do Uruguai em 1930:

8 gols - Guillermo Stábile - Argentina
5 gols - José Pédro Cea - Uruguai
4 gols - Bert Patenaude (Estados)
3 gols - Juan Pelegrino Anselmo - Uruguai Ivan Bek - Iugoslávia Carlos Desiderio Peucelle - Argentina João Coelho Neto (Preguinho) - Brasil
 
Resumo da Copa do Uruguai em 1930:

Sede: Uruguai
Campeão: Uruguai - 1º título
Jogos: 18
Gols: 70
Média de gols: 3,89
Público: 434.500
Média de público: 24.139
 
Curiosidades:
 
Na véspera da final, Carlos Gardel, maior nome do tango, visitou a concentração da Argentina. Porém, ele também foi cumprimentar os jogadores uruguaios, o que irritou os compatriotas, que consideravam o cantor patrimônio nacional. Mas se esqueceram que Gardel viveu parte da infância no Uruguai (os uruguaios, inclusive, afirmam que ele teria nascido no país).

Uma briga entre cartolas paulistas e cariocas impediu que a seleção brasileira levasse sua força máxima ao Mundial. Um único paulista, Araken, integrou a delegação.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre e Duplipens.net

Um comentário:

Saulo Rondinelli ::. disse...

Muito legal essa idéia de relembrar as edições das Copas! Fatos que jamais se apagarão da história e, sempre serão mantidos em nossas memórias através desta ferramenta: Blog Toque Esportivo.
Mais uma vez, o blog está de parabéns!